A bandeira nacional de Angola divide-se horizontalmente numa metade superior vermelha e noutra inferior negra. O vermelho simboliza o sangue derramado pelos angolanos durante as lutas pela independência, enquanto que o negro simboliza o continente africano. O símbolo no centro é uma roda dentada e uma catana, cruzados, e uma estrela, que simbolizam os trabalhadores. A disposição destes símbolos assemelha-se, não por acaso, à disposição da foice e do martelo que se encontra na bandeira da antiga União Soviética, e é um símbolo de comunismo.

ONDE FICA LUANDA


Visualizar LUANDA em um mapa maior
Prima o rato na bandeira que chegas a minha casa

TRADUTOR

Seja benvindo. Você é o visitante

domingo, 24 de janeiro de 2010

Candonga até a Ilha

Hoje me deixei levar pelas Candongas. 

Cheguei ao mar. 

Conheci o Nelson, dono do primeiro bar que conheço em Luanda, onde tomei um fino (chopp) Cuca por 60 kwanzas. Imagina! Meus colegas contaram-me que ontem pagaram 500 kwanzas pelo mesmo fino no Belas Shopping. Que diferença!

Antes de chegar ao bar do Nelson, eu havia descido da Candonga, que peguei na Mutamba, muito antes do ponto final. Sabia eu lá onde era o ponto final. Ademais, eu estava receioso de viajar de Candonga, pois, meus colegas aqui, que nunca entraram em uma Candonga, punham-me mêdo, dizendo que é perigoso e etc. Não há perigo nas Candongas, eu viajei super bem e os candongueiros foram atenciosos comigo. Sem falar que a tarifa da Candonga é apenas 50 kwansas (1 real).



"Juntamente com os carros importados, trafegam nas ruas alguns poucos carros mais velhos e uma infinidade de candongas. Vans de pintadas de azul e branco, nem sempre em boas condições e nem sempre legalizadas, as candongas são o transporte público de Angola. Os motoristas, chamados de candongueiros, geralmente alugam o veículo e pagam aos proprietários (que são poucos) pelo uso, diária ou semanalmente".
"A passagem, independente do destino e fora dos horários de pico, custa 50 kwanzas (menos de US$1). O preço é o mesmo na hora do rush, mas a viagem encurta devido aos engarrafamentos, então o custo para ir e voltar ao trabalho pode chegar a até 200 kwanzas. Caso haja demanda, os candongueiros também fazem viagens para as províncias do interior, por um preço maior. Não há itinerário fixo".
por Carlos Augusto de A. Dória




Foi bom ter descido no meio do caminho porque assim eu pude caminhar e ver de perto o litoral.
A certa altura avistei um sítio que deduzi ser um parque, uma reserva, algo assim, devido a vegetação abundante, muita árvores e, tamém, porque o muro e a porteira de entrada davam a impressão de se tratar da entrada de uma reserva.
Moravam ali algumas famílias muito pobres, e, mais adiante em minha caminhada dentro do sítio, avistei a o mar, era uma parte do Porto, onde alguns barcos de grande porte estavam ali naufragados e, outros, em terra, jaziam enferrujados ao lado de containers transformados em moradia,  carcaças de carros e pequenos barcos. Um cenário de cinema.

O parque é muito grande e eu não consegui encontrar a saída. Por fim avistei o muro e saltei por uma fenda da grade.

Depois disso é que cheguei ao bar do Nelson. Eu estava morrendo de sêde e não encontrava nenhuma portinha para comprar uma Coca, Cuca ou água, até que entrei em uma rua estreita que saia da avenida principal e cheguei ao bar.

Ali despontava, bem ao centro do bar, a bandeira do MPLA.



Tomei os dois finos muito bem servidos pelo Nelson e segui minha caminhada para conhecer a ponta da ilha onde estão os quiosques dedicados aos estrangeiros, nós, os pulas. Entrei em um destes quiosques apenas para ir ao banheiro. Não me senti a vontade naquele lugar alienígena. Os candongueiros me levaram de volta ao traballho.

Os Palancas cairam fora do CAN.
 Angola 0 X Gana 1.
Mas o angolano já é vitorioso pela organização da CAN 2010.






3 comentários:

  1. Que pena, Angola perdeu por um a zero e está fora da Copa,
    assisti ao vivo pela Gazeta, até que Angola podia ter empatado, houve uma cabeçada que foi A chance perdida,
    mas futebol é assim mesmo, e é bom para Angola toda essa experiência,...,
    mas não deixe de nos contar o que é candonga !
    G

    ResponderExcluir
  2. eu vi um pedaço do jogo na tv, só porque vc está aí...rsrsrs...

    ResponderExcluir
  3. Pelo seu texto, assaz interessante, percebemos que Candongas seriam uma espécie de transporte local, não muito apreciado pelos pulas ( nós ) ..., o que talvez seja uma qualidade das Candongas !
    Seria o transporte do povo, barato e rico ao mesmo tempo !
    Quando vc puder mande para a gente umas fotos deste local cinematográfico.
    O bar do Nelson, só pela bandeira já é coisa fina, quanto mais o fino ...
    Desejo boas entradas e bandeiras; e descobertas, !!!
    G

    ResponderExcluir

Kuduro, Angola

Loading...

Nossas Bandeiras

free counters

Comentários que chegam por e-mail

Realce Edu!
Fico feliz em saber que vc está em Luanda.
Deve ser mesmo muito fixe. E os angolanos são com certeza muito giros.
Estou lendo o teu blog.
Miúdos nao são só bebes são caras de uma forma geral.
Eu tenho muitos amigos portugueses aqui em Estocolmo...
Se vc puder dê um pulo no velho continente antes de voltar para o Brasil.
Venha nos visitar na Suécia!
Adoraríamos ter vc por perto.
Beijinhos
J.
PS: Leia o Ondjaki, é um escritor angolano que vale a pena.


Oi Edu,
Muito legal mesmo o seu Blog, BARBARO !!!!!!
Vou estar em contato, vou aprender a participar, deixar comentários, etc..,
FOI O MAIOR PRAZER VISITAR O SEU BLOG E SABER DAS COISAS DAÍ,
Abraços,
G.


Muito legal seu blog!
Espero de coração que dê tudo certo prá você aí.
Grande abraço
E. (Mercearia)


Oi Eduardo,
Aqui no Brasil deram muito destaque ao ataque que a seleção de Togo sofreu na fronteira de Angola com o Congo. Vi nas reportagens que o local é ao norte, e achei muito legal vc colocar a posição de Luanda no mapa, percebemos que é no nível de Recife, mais ou menos.
Pelo jeito Angola é um barato, hein ?
Muito legal e um lugar de gente bonita !

Abraços, G.



Boas Tardes ó pá,

Gostei de falar consigo ontem deste jeito vamos ficar mais em contato do que se estivéssemos no Brasil.
O Blog tá bacana, para meu gosto (que cara chato este Alberto né) esta meio “chapa branca” você mal chegou e esta mais angolano que os angolanos... tem “viva angola” demais, aí fica difícil saber como é a fascinação ta meio ufanista.
Abs. e muito Axé

A.

Quem olha para fora sonha; quem olha para dentro acorda"

J.


Querido,espero que você esteja gostando da sua experiencia Africana.
Até quando você planeja ficar por ai?
Vou dar um jeito de te visitar e quem sabe fazer uma viajem juntos por ai...
Vai me dando noticias do seu tempo disponivel para a gente planejar.
Ja estou cheia de saudades!
Fiquei triste de não ter despedido pessoalmente.
Muitos beijos.

C.