A bandeira nacional de Angola divide-se horizontalmente numa metade superior vermelha e noutra inferior negra. O vermelho simboliza o sangue derramado pelos angolanos durante as lutas pela independência, enquanto que o negro simboliza o continente africano. O símbolo no centro é uma roda dentada e uma catana, cruzados, e uma estrela, que simbolizam os trabalhadores. A disposição destes símbolos assemelha-se, não por acaso, à disposição da foice e do martelo que se encontra na bandeira da antiga União Soviética, e é um símbolo de comunismo.

ONDE FICA LUANDA


Visualizar LUANDA em um mapa maior
Prima o rato na bandeira que chegas a minha casa

TRADUTOR

Seja benvindo. Você é o visitante

terça-feira, 20 de abril de 2010

domingo, 18 de abril de 2010

O segredo de minha felicidade revelado

Minhas filhas e neto

Eis o Esquimó Bar

Meu bar e restaurante na Vila Alice

Um presente mwangolê

Olhem o que eu acabei de ganhar:


sábado, 17 de abril de 2010

sexta-feira, 16 de abril de 2010

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Meu Primeiro Amigo Angolano

Agenor Miranda Rocha ou Pai Agenor, nascido em Luanda, Angola, no dia 8 de setembro de 1907, faleceu em 17 de julho de 2004 no Rio de Janeiro, Brasil.


Era professor catedrático aposentado do colégio Pedro II, estudioso e adivinho do candomblé, o brasileiro que mais conheceu a herança cultural afro-brasileira.

Foi iniciado aos cinco anos de idade pelas mãos de mãe Aninha, venerável Yalorixá fundadora do Axé Opô Afonjá, tradicional terreiro de Salvador, Bahia em 12 de Setembro de 1912. Profundo conhecedor dos segredos de Ifá, Professor Agenor, como também é conhecido, foi designado por sua mãe Aninha para ser aquele que jogaria os búzios sempre que fosse necessária a determinação das herdeiras do axé.

Eu tenho a honra de ter feito esta entrevista com ele:

Português Angolano x Português de Portugal X Português Brasileiro

Encontrei esta página para vocês:

Português Angolano x Português de Portugal X Português Brasileiro

Minhas caretas

Montagem que ganhei de presente de minha irmã Jussara.

domingo, 11 de abril de 2010

O Nguendeiro

Hoje eu fui pela primeira vez ao teatro em Luanda.

Teatro
Grupo Horizonte Njinga Mbande exibe "O Nguendeiro"

Luanda - O grupo teatral Horizonte Njinga Mbande exibe domingo, no auditório da escola com o mesmo nome, em Luanda, a peça teatral "O Nguendeiro".

Em nota de imprensa enviada hoje à Angop, o grupo anuncia que a peça “Nguendeiro” retrata aspectos relativos às noites de um casal.

“Um casal, uma desbunda ou uma nguenda para dividir ou para unir”, lê-se no documento.

A peça conta com a participação de quatro actores.

A companhia de artes Horizonte Njinga Mbande foi fundada a oito de Outubro de 1986, em Luanda, por Adelino Caracol e Ezequiel Issenguele.

É constituída por artistas das mais diversas áreas culturais, com predominância para o teatro, tendo como finalidade o enaltecimento da cultura nacional.

Saiba mais

Eme mundele ki ngi pula kana

Eme mundele ki ngi pula kana - em kimbundo, Eu sou branco mas não sou pula.

Costumo sair a andar sozinho pela cidade de Luanda, uso o transporte coletivo, vou a lugares que algumas pessoas dizem ser perigosos. Esquecem que eu vivi muitos anos em São Paulo onde sempre fiz o mesmo.
Nunca tive problemas, sempre fui muito bem tratado, me diverti e socializei com o povo. Tudo depende do respeito que você tem com o outro.
Aqui não é diferente. Eu considero os angolanos, e sei que eles a mim, "kamba dia muxima" - amigos do peito.

Embora os estrangeiros aqui insistam a dizer que consideram-me mais um branco, estrangeiro a explorar o pais e a tirar-lhes o emprego, eu percebo justamente o contrário, eu estou aqui para deixar o que há de melhor em mim, deixar meu conhecimento e experiência profissional e de vida, e incorporar em meu caráter o que há de melhor no angolano, seu amor a vida e à família e a alegria de viver a despeito das dificuldades inerentes a existência humana. Há sabedoria.

Ngasakdila kamba mwangole!

quinta-feira, 8 de abril de 2010

África

Lentamente....

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Galloti me trouxe Pessoa em Luanda. Obrigado Galloti.

Tenho tanto sentimento

Tenho tanto sentimento
Que é freqüente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.

Fernando Pessoa

domingo, 4 de abril de 2010

Mensagem de Páscoa do Brazuca Mwangolê

"Andar não é perder-se, dar não é desperdiçar".
Só encontra o sucesso quem sente gratidão.
Por isso repito sempre: viver é relacionar-se.
As coisas vem as coisas vão, algo tem que ficar, algo tem que ir.
A palavra chave é Gratidão, tanto para o que vem como para o que vai. Sem gratidão não há avanço.
Pense um pouco e aproveite esta Páscoa para agradecer.

4 de abril, Dia da Paz em Angola.

sábado, 3 de abril de 2010

sexta-feira, 2 de abril de 2010

KUDURO, de Andrey Cassaro



Andrey Cassaro, cinegrafista, produtor e diretor, fez este documentário enquanto morando conosco aqui na Vila Alice, Luanda, Angola.
Um registro verdadeiro do que rola aqui bem na porta da nossa casa.
Parabéns Andrey, gostei e admirei muito o seu trabalho.

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Kuduro, Angola

Loading...

Nossas Bandeiras

free counters

Comentários que chegam por e-mail

Realce Edu!
Fico feliz em saber que vc está em Luanda.
Deve ser mesmo muito fixe. E os angolanos são com certeza muito giros.
Estou lendo o teu blog.
Miúdos nao são só bebes são caras de uma forma geral.
Eu tenho muitos amigos portugueses aqui em Estocolmo...
Se vc puder dê um pulo no velho continente antes de voltar para o Brasil.
Venha nos visitar na Suécia!
Adoraríamos ter vc por perto.
Beijinhos
J.
PS: Leia o Ondjaki, é um escritor angolano que vale a pena.


Oi Edu,
Muito legal mesmo o seu Blog, BARBARO !!!!!!
Vou estar em contato, vou aprender a participar, deixar comentários, etc..,
FOI O MAIOR PRAZER VISITAR O SEU BLOG E SABER DAS COISAS DAÍ,
Abraços,
G.


Muito legal seu blog!
Espero de coração que dê tudo certo prá você aí.
Grande abraço
E. (Mercearia)


Oi Eduardo,
Aqui no Brasil deram muito destaque ao ataque que a seleção de Togo sofreu na fronteira de Angola com o Congo. Vi nas reportagens que o local é ao norte, e achei muito legal vc colocar a posição de Luanda no mapa, percebemos que é no nível de Recife, mais ou menos.
Pelo jeito Angola é um barato, hein ?
Muito legal e um lugar de gente bonita !

Abraços, G.



Boas Tardes ó pá,

Gostei de falar consigo ontem deste jeito vamos ficar mais em contato do que se estivéssemos no Brasil.
O Blog tá bacana, para meu gosto (que cara chato este Alberto né) esta meio “chapa branca” você mal chegou e esta mais angolano que os angolanos... tem “viva angola” demais, aí fica difícil saber como é a fascinação ta meio ufanista.
Abs. e muito Axé

A.

Quem olha para fora sonha; quem olha para dentro acorda"

J.


Querido,espero que você esteja gostando da sua experiencia Africana.
Até quando você planeja ficar por ai?
Vou dar um jeito de te visitar e quem sabe fazer uma viajem juntos por ai...
Vai me dando noticias do seu tempo disponivel para a gente planejar.
Ja estou cheia de saudades!
Fiquei triste de não ter despedido pessoalmente.
Muitos beijos.

C.