A bandeira nacional de Angola divide-se horizontalmente numa metade superior vermelha e noutra inferior negra. O vermelho simboliza o sangue derramado pelos angolanos durante as lutas pela independência, enquanto que o negro simboliza o continente africano. O símbolo no centro é uma roda dentada e uma catana, cruzados, e uma estrela, que simbolizam os trabalhadores. A disposição destes símbolos assemelha-se, não por acaso, à disposição da foice e do martelo que se encontra na bandeira da antiga União Soviética, e é um símbolo de comunismo.

ONDE FICA LUANDA


Visualizar LUANDA em um mapa maior
Prima o rato na bandeira que chegas a minha casa

TRADUTOR

Seja benvindo. Você é o visitante

sexta-feira, 2 de abril de 2010

KUDURO, de Andrey Cassaro



Andrey Cassaro, cinegrafista, produtor e diretor, fez este documentário enquanto morando conosco aqui na Vila Alice, Luanda, Angola.
Um registro verdadeiro do que rola aqui bem na porta da nossa casa.
Parabéns Andrey, gostei e admirei muito o seu trabalho.

6 comentários:

  1. Bacana o documentário,
    seu Blog está cada dia mais bacana, Eduardo,
    só coisa fina e a maior viagem, tudo "free", tudo muito fixe !
    Tenho procurado livros sobre Angola e Luanda, mas aqui é a maior "enciclopédia",
    AXÉ. AXÉ.
    G

    ResponderExcluir
  2. SALVE EDU! A JANELA DO EXIBIDOR ESTA CORTANDO O VIDEO, MUITO ESTRANHO... GRANDE ABRACO E OBRIGADO PELA MORAL, RSRS

    ResponderExcluir
  3. interessante a gente perceber a mistura, o kuduro tem um pouco de dance-street, mas tb a gente identifica passos de frevo e o ritmo lembra o rap e o funk, a té Michel Jackson influenciou, muito legal!

    belo clip!

    beijo
    Ju

    ResponderExcluir
  4. Realmente Ju
    O clip é interessante e nos mostra uma diversidade de tendências justapostas.
    me faz pensar que este estilo, mix, pode-se dizer é o estilo da época que vivemos, independente da localidade, nacionalidade ou qualquer especificidade. Produto da globalização em seu sentido mais amplo.

    Muito bom.

    Priscila

    ResponderExcluir
  5. Êta mundo velho sem porteiras.Gostei muito.

    ResponderExcluir

Kuduro, Angola

Loading...

Nossas Bandeiras

free counters

Comentários que chegam por e-mail

Realce Edu!
Fico feliz em saber que vc está em Luanda.
Deve ser mesmo muito fixe. E os angolanos são com certeza muito giros.
Estou lendo o teu blog.
Miúdos nao são só bebes são caras de uma forma geral.
Eu tenho muitos amigos portugueses aqui em Estocolmo...
Se vc puder dê um pulo no velho continente antes de voltar para o Brasil.
Venha nos visitar na Suécia!
Adoraríamos ter vc por perto.
Beijinhos
J.
PS: Leia o Ondjaki, é um escritor angolano que vale a pena.


Oi Edu,
Muito legal mesmo o seu Blog, BARBARO !!!!!!
Vou estar em contato, vou aprender a participar, deixar comentários, etc..,
FOI O MAIOR PRAZER VISITAR O SEU BLOG E SABER DAS COISAS DAÍ,
Abraços,
G.


Muito legal seu blog!
Espero de coração que dê tudo certo prá você aí.
Grande abraço
E. (Mercearia)


Oi Eduardo,
Aqui no Brasil deram muito destaque ao ataque que a seleção de Togo sofreu na fronteira de Angola com o Congo. Vi nas reportagens que o local é ao norte, e achei muito legal vc colocar a posição de Luanda no mapa, percebemos que é no nível de Recife, mais ou menos.
Pelo jeito Angola é um barato, hein ?
Muito legal e um lugar de gente bonita !

Abraços, G.



Boas Tardes ó pá,

Gostei de falar consigo ontem deste jeito vamos ficar mais em contato do que se estivéssemos no Brasil.
O Blog tá bacana, para meu gosto (que cara chato este Alberto né) esta meio “chapa branca” você mal chegou e esta mais angolano que os angolanos... tem “viva angola” demais, aí fica difícil saber como é a fascinação ta meio ufanista.
Abs. e muito Axé

A.

Quem olha para fora sonha; quem olha para dentro acorda"

J.


Querido,espero que você esteja gostando da sua experiencia Africana.
Até quando você planeja ficar por ai?
Vou dar um jeito de te visitar e quem sabe fazer uma viajem juntos por ai...
Vai me dando noticias do seu tempo disponivel para a gente planejar.
Ja estou cheia de saudades!
Fiquei triste de não ter despedido pessoalmente.
Muitos beijos.

C.